FAQ

O prémio destina-se a artistas de nacionalidade portuguesa ou a estrangeiros residentes em Portugal, com a idade máxima de 40 anos, inclusive.

O PRÉMIO SONAE MEDIA ART tem o valor pecuniário de 40.000,00 euros (valor sujeito aos impostos em vigor).

A data limite de entrega das candidaturas é 17 de fevereiro 2017.

Sim. É possível apresentar candidaturas coletivas (2 ou mais autores), desde que todos os intervenientes cumpram os requisitos necessários, i.e., nacionalidade portuguesa ou estrangeiros residentes em Portugal, com a idade máxima de 40 anos, inclusive

Não é permitida uma candidatura coletiva e uma individual de qualquer membro do coletivo em simultâneo.

Júri de seleçãoAdelaide Ginga, António Sousa Dias e Teresa Cruz

Júri de premiação: Filipa Oliveira, Nuno Crespo, Ramus Vestergaard

A seleção dos artistas finalistas é efetuada com base na avaliação obrigatória de, no mínimo, 2 (duas) obras e, no máximo 4 obras, a enviar para o MNAC-MC, em suporte DVD, em pen USB, em ficheiro MP4, ou no caso de projetos online através dos respetivos links. As obras podem ser inéditas, ou não, mas devem ter, obrigatoriamente, uma data de produção inferior a 5 (cinco) anos.

 A premiação é realizada, com base na análise das obras inéditas expostas pelos artistas finalistas no MNAC-MC, por um júri constituído por 3 (três) personalidades nacionais e internacionais de reconhecido mérito no panorama da crítica, curadoria e ensaísmo da arte contemporânea.

Não. As obras a apresentar e que servirão para a avaliação das candidaturas não têm de ser inéditas, podendo ter estado expostas anteriormente. É da inteira liberdade do(s) candidato(s) apresentar(em) ou não peças inéditas.

A exposição dos artistas finalistas é realizada no MNAC-MC, sendo a sua coordenação e produção executiva da responsabilidade do mesmo, em articulação com os respetivos artistas.