BIOGRAFIAS

Adelaide Ginga

Licenciada em História, variante de História da Arte, e Mestre em História dos Séculos XIX e XX pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Escreveu, entre outras, a obra A aventura surrealista : o movimento em Portugal do casulo à transfiguração, e foi curadora da V Bienal Internacional de Arte e Cultura de São Tomé e Príncipe (2008), assim como de diversas exposições.

Coordenou o Gabinete de Internacionalização do então Instituto das Artes tendo integrado a equipa dirigente do mesmo Instituto como subdiretora–geral. Atualmente é curadora e conservadora do Museu Nacional de Arte Contemporânea - Museu do Chiado (MNAC-MC).